Homepage Rules Updates History Followers Link-Back Drawings Gallery Affiliates Sitely Credit Neopets, Inc

Top Affiliates

HomePage

Para parar a música, aperte Esc.

Bem vindo, esta é uma petpage de história, ok você já sabia disso @3@

A história que você verá é escrita e total autoria minha, então não copiei .

Espero que você goste da história, qualque dúvida,reclamação ou outro, me mande um neomail

other

Esta PetPage é melhor visualizada em ambos navegadores.





Recent Updates (construction)

Month Day, Year
  • Updates go here
  • Separated by bullets.
  • Don't let them overflow on the front page, it'll stink

  • Month Day, Year
  • Try to limit this portion to updates within 3-4 days. Make sure each date has only 3-4 lines, 5 lines maximum. If 3 days won't fit, move it to the other updates page.
  • This is only the simple updates, like new affie, and the like.
  • Don't be too detailed here

  • Month Day, Year
  • Updates go here
  • Separated by bullets.
  • Don't let them overflow on the front page, it'll stink



  • More Updates

    Older Updates

    Month Day, Year

    Now, you can put as many updates as you want here. Make the lines as long as you want, because it's not on the front page anymore. But if you want, you could make this segment detailed updates or something like that, and the one on the front page the basic updates, y'know. ;) Whee, ain't this fun? xD Okay, I know not everyone has the same taste in bullets, so in case you want to change it, just look for li {list-style-image:url(URLHERE);}. Then change the url to the url of the bullet of your choice. ;)

    Month Day, Year

  • You can put basic updates here
  • +1 affie
  • Then here, you can put all the details if you wish. Like thoughts, comments, plans... yeah. xDD




    Month Day, Year

  • Hey, this can even be part blog if you want.
  • Month Day, Year

    Pictures and icons add flair to a page. Just make sure they're the nice quality ones, and that you don't forget to credit the makers of the icon. Usually, linking the icon to the creator's site, or if they don't have one, their userlookup or whatever. Just credit them, with a link too, of course. And I think it's also a good idea to make sure the text actually wraps itself around it, so that it has this effect (okay I don't know what I just typed).
  • Scroll
    Scroll
  • Month Day, Year

    It's kind of hard to make filler text. But all this rambling on and on and on is kind of fun. At least to me it is.
  • I'm just trying to show you that this can be an overflow box-thingy
  • Month Day, Year

  • +1 affie
  • -4 requests
  • +13 more color schemes

  • Of course, you can make updates this style, aligned in the center. Then on the bottom, you have more detailed updates. Ain't it fun? xD

    Month Day, Year

  • I got it to scroll

  • Then again...

    There you go! A scroll box!


    Back to Homepage


    Rules

    Sim sim, chegamos a pior parte da PetPage, embora as regras sejam chatas você deve obedece-las para o seu próprio bem .


    Não copie a história

    Não copie o CSS

    Não copie o layout

    Não copie nada da PetPage




    Back to Homepage


    This is your hidden page

    Okay, if there's something else you want written, PLEASE don't hesitate to ask. ;)






    Back to Homepage


    For the sidebar, pictures for youuuuu

    Oh, by the way, the navigation image isn't an image. It's part of the layout. ;) If you want, you could hide all these pictures and links in a hidden page Here. To find it, just put in http://www.neopets.com/~PETNAME#hush








    Back to Homepage


    History




    Back to Homepage


    Followers


    lilota_kitty
    marii_swan
    ephi_lari_lu
    annylianny
    snowva
    miimieh
    filipinhomanu


    Back to Homepage


    Link-Back


    Gold





    Platinum





    Old Versions






    Back to Homepage


    Drawings Gallery


    My


    ------

    Others


    ------


    Back to Homepage


    Sitely



    Listers

     Candy Place .



    Review Scores




    Awards & Ranking




    Back to Homepage


    Prólogo



    Todos os dias, eu abro meus olhos e vejo : As mesmas pessoas, as mesmas coisas, o mesmo mundo...
    Não poderia ser um pouco "diferente" ? ...
    Miya...



    Back to History HomePage


    Capítulo 1

    Orfanato


    Acordar, levantar, descer as escadas... atos que se quase repetiam todas as manhãs. Novamente feitos nesta manhã, o dia não parecia nada interessante, como os demais. Miya, após descer as escadas sentou-se em uma das mesas do refeitório, e olhou para o teto, refletindo.

    No dia seguinte faria dezesseis anos, ou seja, faria exatamente quatorze anos desde que os bombeiros a resgataram dos destroços de sua antiga casa. Ninguém de sua família se encontrava presente na ocasião, apenas encontraram alguns cacos de espelho entre os destroços. Agora Miya morava em um orfanato e...

    - Miya! – era diretora, Mrs. Severe, chamando-a da porta do corredor. Uma mulher bem rigorosa, que usava um longo vestido de aparência antiquada e seus longos cabelos grisalhos presos em um forte coque. Seus óculos também pareciam ser antiquados, não era uma pessoa que gostaríamos de encontrar na rua – Miya! Venha logo aqui!

    Miya levantou-se e seguiu-a. Enquanto caminhavam pelos corredores do orfanato, vendo plantas, retratos, portas, Miya se questionava, o que teria feito? Tudo bem que ela se encrencara em uma ocasião anterior, mas teria que ser algo grave para ela ser chamada a sala da diretora.

    - Sente-se – disse Mrs. Severe, apontando para uma cadeira em frente a mesa no centro da sala da diretoria em que haviam chegado.

    Miya observou enquanto se sentava: a sala, assim como Mrs. Severe e seus objetos, tinha um ar antiquado, com leves camadas de poeira em alguns lugares. Um vaso de plantas em um canto, do outro, um porta guarda-chuvas, e no outro havia um estante antiga.

    - Miya, acho que você deve estar pensando em seu passado hoje. Afinal, seu aniversario é amanhã e creio que pensa neste assunto em todos eles – disse Mrs. Severe - Sim, mas não me pergunte como – acrescentou ao ver a expressão de interesse de Miya.

    Continuando, hoje tenho uma notícia que talvez animara seu dia. Peço que você não me interrompa durante o que te contarei. Bem, hoje recebi a notícia que finalmente acharam algo nos destroços de sua casa..."

    - O que é ? – perguntou Miya .

    - Miya, o que disse antes de ...

    - O QUE É ?

    - Ok, irei contar a você. Agora, não me interrompa novamente, sim ? Pois bem, é um espelho.


    Back to History HomePage


    Capítulo 2

    Espelho


    Um espelho? Por que deixariam algo tão inútil á Miya?

    Mesmo inútil, o espelho significava muito a garota. Seria a única lembrança que teria de sua família que nunca conheceu. Se pelo menos nada tivesse acontecido naquele fatídico dia, talvez agora Miya não estivesse em seu vazio quarto no orfanato.

    Poderia estar com seus pais, fazendo o que quer que fosse ela estaria feliz apenas pela presença daquelas duas pessoas. As duas pessoas que a teriam acompanhado até a morte das mesmas.

    Agora, o tempo parecia não passar naquele quarto vazio. Miya olhava atentamente o espelho empoeirado. Não haveria um símbolo? Um sinal?

    Nada aconteceu.

    Aborrecida, Miya levantou-se, deixando o grande espelho no canto do quarto. Até que se lembrou da quantidade de sujeira que havia no mesmo.

    Assim, pegou uma flanela e a umedeceu. Ao passar pela moldura do espelho ela viu.

    Reluzente e belo, a moldura de espelho brilhava. Feita de ouro e platina, era maravilhosamente incrível, sem palavras para descrevê-la.

    Talvez tenham sido horas, dias, meses, mas Miya ainda não sabia ao certo por quanto tempo ficou a admirar o espelho. Parecia à jóia mais preciosa entre outras; a bela rosa vermelha entre as demais brancas.

    - Hey, Miya, quer brincar? – perguntou um garotinho que acabara de entrar no quarto, Hikaru, segurando uma bolinha vermelha.

    - Olá Hikaru. Ãh, tudo bem.

    Hikaru jogou a pequena bola vermelha até Miya, mas parece que jogou muito forte, ou ela que estava pensando em outra coisa, pois a bola passou direto pela mesma.

    - Desculpe, já vou pega-la!

    Miya foi até a onde a esfera tinha ido. A mesma havia batido na moldura do espelho, deixando esfera diferente, brilhante e...

    Dividida ao meio por uma parte de ouro, e outra de platina.


    Back to History HomePage


    Capítulo 3

    Lembranças



    A pequena esfera reluzente estava parada no canto do quarto empoeirado. Ela brilhava imensamente aos olhos de quem a olhava; aos grandes olhos negros de quem a observava.

    A luz do sol passou neste momento pela janela do aposento.

    Miya desviou rapidamente seu olhar da esfera devido ao raio de luz refletido nela. Ela esfregou seus olhos negros como a escuridão, como se tivesse olhado diretamente para o sol.

    - Onee-chan, você já achou a bola ? - perguntou o garotinho na porta do quarto. Ele parecia assustado e apreensivo enquanto olhava a garota.

    Aquela voz doce e inocente tirou Miya dos olhares à esfera reluzente.

    Ela levantou-se esfregando os olhos novamente; parecia ter saído da realidade, do seu quarto, enquanto analisava a esfera. A mesma emitia uma estranha nostalgia... , como se algo em sua mente surgisse, mas fosse coberta por um espesso nevoeiro, incapaz de distinguir o que era.

    - Onne-chan ? - repetiu o garoto.

    - Ah, desculpe... , desculpe, mas não consegui encontrá-la – mentiu Miya. Era difícil mentir para Hikaru, pois o menino era como um irmão para ela. – Quando encontrá-la levo-a para você, tudo bem ?

    Ela pressionava a si mesma com isto, não ia dar certo... Ela iria contar a verdade que...

    - Tudo bem! – respondeu o garoto alegremente, indo embora do quarto e fechando a porta com um pequeno ruído.

    Miya não aguentou. Despencou, caindo de joelhos no assoalho de madeira. Ela respirava ofegante, seu coração batia muito rápido e forte, parecia ter forçado demais escondendo tudo de Hikaru. Tantos pensamentos na cabeça a fizeram ficar mau; ela levantou e deitou-se na cama por alguns minutos, até relaxar um pouco.

    Miya levantou e mirou o grande espelho no canto esquerdo do quarto. Ele era lindo, estranho e misterioso. Se fosse um humano seria rico, popular, mas solitário e timido. Ele reluzia fortemente, como a lua em seus dias mais deslumbrantes.

    O espelho refletiu a janela, mostrando à garota o final daquele estranho dia, com o pôr-do-sol visto de cima do prédio do orfanato. Ela abriu os vidros da janela e olhou para o sol, grande e laranja, sumir atrás dos altos prédios.

    Agora a noite chegara, e era a vez da lua substituir o sol e refletir no misterioso espelho. Uma brisa fez os longos cabelos de a garota confusa cintilarem conforme seu movimento. Agora tudo estava calmo, em paz.

    Miya se virou para o espelho e observou de cima a baixo. Mesmo que não houvesse mais ninguém no aposento, ele exaltava uma presença humana...

    - O que é você ?


    Back to History HomePage


    Capítulo 4

    Etiqueta



    Dia em noite, noite em dia. Os dias se passavam e nada mais havia acontecido depois.

    A esfera de platina e ouro agora ficava escondida dentro do armário. O espelho continuava no canto do quarto empoeirado, brilhando aos olhos de outros. A cama no mesmo lugar. A janela no mesmo lugar. Miya no mesmo orfanato.

    Parecia realmente que um famoso monstro chamado Tédio havia novamente tomado conta do lugar. Miya não se encontrava no quarto no momento, estava em sua aula de etiqueta.

    A aula de etiqueta ocorria no primeiro andar do prédio. Numa sala com mesas, sofas, comidas, conjuntos de chá e outros. Na mesma sala se encontrava cinco garotas: loiras, ruivas, morenas. Apenas a que se destacava era uma garota de cabelos prateados e olhos negros, que parecia mofando na sala delicada.

    Miya odiava ir as aulas de etiqueta. Ela não entendia por que tinha que ficar presa numa sala "porpurinada", cheia de garotas "porpurinadas", com uma professora "porpurinada". Qual era a utilidade daquilo ?

    Se não tivesse que cumprir horas de aula de etiqueta, até a professora já havia mandado-a embora.

    A professora de etiqueta era uma mulher não muito velha, não muito nova. Seu nome: Mary. Se tivesse poder suficiente, Mary já havia mandando Miya embora a tempos. O motivo simplismente era as brincadeiras da garota e seu péssimo desempenho na disciplina.

    Por ser considerada uma aula chata e tediosa por Miya, a mesma brincava com os objetos, o que causava grande raiva a professora. Também, Miya tinha o nivel de etiqueta menor do que uma colher de chá.

    - MIYA ! PEGUE ESTA XÍCARA DE CHÁ DE MANEIRA ADEQUADA ! - gritou Mary - SENTE-SE NUMA POSIÇÃO QUE NÃO QUEBRE SUA COLUNA !

    Finalmente, depois de tanta persistência da professora, Miya finalmente se ficou quieta em sua cadeira. Agora, Mary falava do jeito certo de segurar uma chicara de chá. Obviamente, só o chá já bastava para que Miya adormecesse no meio da aula.

    Os olhos da garota agora pesavam três vezes mais do que o normal. Ela olhou distraidamente para a porta no fim da sala.

    Miya levantou rapidamente, balançando a mesa e deixando algumas xícaras cairem e se quebrarem, assustando a professora e as demais garotas da sala. Ela esta palída, branca. Parecia ter visto um fantasma ou algo do tipo.

    De fato, ela não viu um fantasma.


    Back to History HomePage


    Credit

    CSS by Idiosyncratic
    Edit CSS by me
    Layout by me
    Color Widgets Tutorial by Vitor